Destaque

Florbela Espanca enaltecida no centenário da sua passagem por Quelfes

Florbela Espanca é um nome incontornável na literatura portuguesa. A 8 de dezembro, a sua memória, legado e obra foram recordados e enaltecidos num ciclo de atividades que marca os 100 anos da sua passagem por Quelfes, onde viveu durante seis meses em 1918.
 
As comemorações iniciaram-se às 11h30 em Quelfes, onde teve lugar um percurso pelos locais emblemáticos da freguesia ligados a Florbela Espanca com enquadramento histórico de Manuel Pereira.
 
Na parte da tarde, a Sociedade Recreativa Progresso Olhanense acolheu o evento: às 16h realizou-se um colóquio sobre a vida e obra da poetisa com as intervenções do Professor Doutor António Laginha, Professor Doutor Vilhena Mesquita e Professora Doutora Isa Severino. Seguiu-se, às 18h, a exibição do filme Florbela de Vicente Alves do Ó, e encerraram-se as atividades às 21h30 com o espetáculo musical de Rosinda Vargues e Luciano Vargues, que interpretaram sonetos de Florbela Espanca.
 
O I Centenário da Passagem de Florbela Espanca por Quelfes foi organizado pela Junta de Freguesia de Quelfes, com apoio da Câmara Municipal de Olhão, da Junta de Freguesia de Olhão e da Sociedade Recreativa Progresso Olhanense.
 
A Junta de Freguesia de Quelfes a todos agradece.
 
 
 

Galeria relacionada: